A homeopatia é um ramo da medicina que ganha cada vez mais adeptos. A sua eficácia e benefícios são cada vez mais procurados. Os pais procuram para os seus filhos soluções que não passem por antibióticos e substâncias que, ao invés de aumentarem as defesas, debilitam cada vez mais o sistema imunitário e acarretam efeitos colaterais.



Este espaço foi criado para partilhar informações, conhecimentos e orientações no mundo da homeopatia. São inúmeros os recursos a que os utilizadores têm acesso: sugestões de bibliografia e sites de interesse, informações sobre medicamentos homeopáticos, espaço para dúvidas, esclarecimentos e pedidos de ajuda.
Com a saúde não se brinca e, por isso, nunca poderemos dispensar a ajuda de um médico, este blog serve apenas de apoio.




Homeopatia

Natrium muriaticum (183)

Hoje vamos falar de um importante remédio de constituição (ou personalidade). Cada um de nós tem um “perfil” homeopático e conseguimos identificá-lo se nos reconhecermos em cerca de 6 ou sete características desse perfil.
Hoje é a vez do Natrium muriaticum (183), ou como podemos encontrar em alguma bibliografia Natrum muriaticum ou chloratum.
Uma criança com um determinado perfil homeopático pode alterá-lo em adulto.
São então características deste perfil:
- Criança geralmente fechada, tímida, que quando se magoa não diz nada;
- Não gosta de ser consolada demonstra, desespero e desanimo, que pioram se a tentarem consolar.
- Choram facilmente (motivados por raiva e não por medo);
- Não apreciam o contacto físico;
- A criança não gosta que falem sobre ela (tapa a boca da mãe);
- Remexe no sofrimento fica preso a um sentimento;
- Memória de elefante (fica sentido, ofendido e não esquece, rancorosas não perdoam);
- Quando se zanga com a mãe vai para o quarto e fecha a porta (mas quer que a mãe vá lá);
- Incapazes de darem o primeiro passo;
- Trauma emocional (mãe que se teve que separar dele);
- Roem as unhas;
- Nunca olham de frente (evitam o contacto visual);
- Gostam de sal;
- Anemia e emagrecimento.
– Boca seca e sede constante.
- Geralmente são ciumentos;
- Têm ciúmes dos irmãos mais novos, mas são protectores;
- Crianças que não se sentem aceites nem amados (dizem muitas vezes “ninguém gosta de mim”);
- Durante as refeições querem levantar-se;
- Fazem xixi na cama até tarde;
-Prisão de ventre, com fezes secas e duras.
-Magreza e fraqueza infantil.
-Pescoço fino.
- Apresenta fraqueza ou cansaço rápido dos olhos, caracterizado por dor nos olhos, dor de cabeça, visão turva).
-Lábios e cantos da boca secos e rachados.

Um indivíduo pode pertencer a outro perfil homeopático, no entanto pode entrar em estado Natrium Muriaticum (183) em determinadas situações:
- Gravidez não planeada, não desejada ;
- Nascimento de um irmão;
- Pais que estão sempre a discutir/ divórcio;
- Pais que trabalham muito e que não têm tempo, não dão atenção;
- Mudança de residência;
- Mudança de escola/ problemas com os professores;
- Sensação de abandono;

Um adulto Natrium Muriaticum (183) (principalmente os homens):
- Alguém que foi humilhado;
- Muito fechado, mas sensível;
- Aversão ao social;
- Rancorosos;
- Problema em relação ao amor (não conseguem demonstrar);
- Não gostam/ conseguem dar beijos;
- Magros, não suportam o calor;
- Pioram junto ao mar;
- Pior hora do dia 10h da manhã;
- Necessidade de comer sal;
- Frequente herpes labial;
- Incapazes de manter contacto visual;
- Não conseguem dormir devido aos problemas;
- Revive coisas que lhe fizeram;
- Não consegue lidar com o ser contrariado;
- Pele oleosa.
-Vagina seca.
-Coito difícil e doloroso.